9.4.10

Seca na China: O aprendizado da falta de planejamento

Sul da China sofre com falta de chuvas a 224 dias e falta de planejamento agrava a pior seca do século.


Leia e tire suas próprias conclusões do que devemos aprender com esse fato:

Taijiang (China) - A falta de antecipação diante da possibilidade de uma grave escassez de chuva no sul da China, assim como redes de irrigação insuficientes e obsoletas, estão agravando a pior seca sofrida na região no último século, que já afeta mais de 51 milhões de pessoas.

"Nos últimos dias choveu várias vezes, o que molhou a superfície do campo, mas a terra no interior segue seca", disse à Agência Efe Fan Zhongsheng, porta-voz da Prefeitura de Qiangdongnan, na província de Guizhou, que assegura que a previsão para a seca na região é de que durará no mínimo até o final de abril.

Somente em sua Prefeitura, de 4,5 milhões de habitantes, 1,8 milhões foram afetados pela seca, dos quais 1,3 milhões enfrentam problemas para conseguir água potável para si próprios e para matar a sede de seus animais, como búfalos, vacas, patos e frangos.

As plantações foram destruídas e o Governo local está investindo na substituição dos tradicionais cultivos de arroz, por milho ou outros vegetais que exijam menos água.

Caminhando por Tianyuan, uma aldeia do condado de Taijiang, Fan admite que a seca surpreendeu a região desprevenida. Em casos anteriores, a escassez de água nunca tinha durado mais que 30 ou 40 dias.

"A princípio não prestaram muita atenção à seca, mas a falta de chuvas durou demais e se tornou cada vez mais difícil encontrar água para beber e para a agricultura", da qual quase a metade da economia local depende, disse Fan.

A "vantagem natural" de uma zona tão montanhosa tinha sido suficiente até agora, e a situação não seria tão grave se houvesse um melhor planejamento, com reservas de águas maiores e atenção à necessidade de manter os montes arborizados, cujas raízes facilitam a retenção da água na terra.

  • Para aprendermos:
"Em uma aldeia do condado vizinho de Siyang, o líder local estimula o plantio de árvores há mais de duas décadas, ano após ano, e agora não estão sofrendo tanto a seca", disse.


Por sorte, "até agora não houve mortes pela seca", afirmou. Portanto, o estado de ânimo da população está "estável, sem altos e baixos emocionais", enquanto os Governos locais fizeram do problema sua máxima prioridade. Há líderes que estão distribuindo água com seu próprio carro.

Um total de 17 aviões do Exército chinês tem provocado chuvas artificiais nas últimas semanas nos céus de Yunnan, Guizhou, Sichuan e Guangxi Zhuang, as províncias e regiões mais afetadas. Além disso, mais de 4 mil oficiais da Polícia foram mobilizados para garantir o fornecimento de água.

Fonte: Agência EFE

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Veja todas as postagens

Desenvolvimento e Gestão do Blog: Zope Mídia

  © Free Blogger Templates 'Greenery' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP