30.6.10

Veja como funciona o Google Earth Solidário

O Google Earth Solidário proporciona a organizações sem fins lucrativos e de benefício público recursos necessários para tocar mentes e corações.

Se sua organização desenvolve projetos sociais ou ambientais, saiba que pode fazer uso dessa ferramenta e compartilhar sua informação com o mundo. É uma forma de mapeamento de projetos, onde são apresentados via Earth e se pode acompanhar a evolução em uma timeline.

Mas se você é professor, também indicamos como excelente fonte de consulta interativa, além de vir a ser ferramenta de apôio para as aulas.

Veja aqui a lista de projetos!

Veja nessa imagem o mapeamento do desaparecimento de florestas ao longo dos anos. E cada projeto, acompanham telas explicativas que se sobrepõe ao mapa. (clique para ampliar)



Os projetos estão classificados em 5 áreas:

  • Atualidades
    Atualidades, segurança pública e assistência em desastres naturais.
  • Educação e cultura
    Educação, cultura, artes e humanidades.
  • Meio ambiente e ciência
    Meio ambiente, alterações climáticas, ciência e tecnologia.
  • Desenvolvimento global
    Desenvolvimento global, microfinanças, melhorias em comunidades e filantropia.
  • Saúde pública
    Pesquisas em medicina, saúde e doenças.
  • Serviços sociais
    Serviços de emprego, habitação, abrigos e desenvolvimento juvenil.
Veja Mais:

Design Sustentável - Mobiliário de Papelão


Pedro Gomes é um designer português que tem suas criações fundamentadas em quatro eixos: inovação, dinamismo, humanismo e sustentabilidade.

E uma delas chama-se Compact: um móvel composto por papelão e polipropileno reciclado, cuja montagem é feita com cola de madeira.








Fonte: Veja site

Veja Mais:

Dicas para diminuir o lixo tecnológico!

Dicas interessantes e práticas indicadas pelo Greenpeace:

1 - Reflita

Resista à tentação do consumismo. Você não precisa trocar seu celular, computador pessoal ou notebook todos os anos.

2 - Doe

Caso seja realmente necessário comprar um novo eletrônico quando o seu ainda estiver funcionando, entregue-o para alguém que ainda pode usá-lo. Dessa forma, é possível prolongar a vida útil do aparelho. Quem recebe um usado deixa de adquirir um modelo novo.

3 - Escolha

Os produtos dos fabricantes que investem em programas de preservação ambiental podem ser mais caros, mas a diferença de preço não atinge níveis absurdos. A alternativa "verde" vale a pena.

4 - Otimize

Procure sempre produzir mais com menos recursos. Equipamentos multifuncionais consomem menos energia do que vários aparelhos utilizados simultaneamente.

29.6.10

Video - Como fazer composteira?

Agora não tem desculpa! É muito simples de fazer e ter uma composteira no apartamento!

Relembramos que 50% do lixo produzido no Brasil, que irá parar em aterros sanitários se compõe de material orgânico. Portanto, podemos reduzir em 50% o lixo das cidades transformando-os em composto.

Segue o vídeo com o passo-a-passo:



Veja um bom exemplo de composteira - minhocário para casas!

Veja Mais:

Maiorias X Minorias, Hábitos e Tendências

Ana Paula Cortat em seu post "A maioria não diz tudo" do Blog Sapo de Dentro, faz uma reflexão interessante sobre os paradoxos do dia-a-dia.
Segue a transcrição na íntegra:

Sou uma pessoa totalmente comum, dessas que podem facilmente se confundir na multidão.

Trabalho, estudo, namoro, tenho um cachorro, ligo pra minha mãe em BH toda semana, me preocupo com o futuro e tento retribuir as ajudas que recebi e recebo ajudando outras pessoas. Na maior parte do tempo faço coisas que a maioria das pessoas faz, o que não quer dizer muita coisa.

Acordo no sábado de manhã e vou passear com o cachorro. Pego a coleira, separo os saquinhos de plástico para recolher a caca e aí ... nada de eu achar que isso é suficiente.

Ultimamente, não consigo deixar de pensar que esses saquinhos podem ir parar no nariz de um golfinho.
É sempre o mesmo dilema: saquinho de plástico x não recolher a caca do meu cachorro. É claro que eu sempre opto por recolher a caca com o saquinho, enquanto fico pensando em como seria bom se os saquinhos destinados pra isso fossem de papel reciclado e se as ruas tivessem latas de lixo onde eu pudesse jogá-los. Ou será que faria mais sentido a gente recolher com uma pá de papel e jogar a pá em uma lata de lixo para papel e a caca em um lixo orgânico? É duro ter um cachorro e não ter uma graminha pra ele adubar.


Mas não é só isso. Tem o lixo em geral. No meu prédio não tem coleta seletiva de lixo. Dói meu coração ver aquelas garrafas misturadas com lixo orgânico e papel nas lixeiras porque o pessoal daqui diz que é muito complicado conseguir quem recolha o lixo separado e eles acreditam que, no final, tudo vai acabar em um lixão mesmo.

Eu posso até discutir a parte da empresa de coleta seletiva, mas contra a falta de crença e de confiança eu não posso fazer muito. É difícil discutir com pessoas que não acreditam no poder transformador de suas próprias atitudes e não há muito o que ser feito sobre a falta de crença.

Como você sabe, nosso sistema de valores é baseado em crenças: o amor, a fé, a amizade, a confiança, o futuro. Não é o amor que acaba, é a crença que temos na existência dele. O mesmo vale pra todo o resto. Na verdade, as coisas nem começam se não existe alguém que acredite nelas.

Muito bem, de qualquer forma, eu preciso cuidar do lixo independente das decisões equivocadas das pessoas do meu prédio. Portanto, mãos a obra: o lixo precisa ser separado, lavado e entregue em um ponto de coleta. Depois o carro precisa ser lavado, é claro. De preferência sem usar água. É nessa hora que eu tenho que escolher entre usar água ou gastar combustível em busca de um lava-jato ecológico.

E a quantidade de papel que a gente recebe em todos os eventos dos quais participamos? Crachá, pastinha (de plástico) que a gente nunca mais vai usar, bloquinho para anotações (que tal anotar no Blackberry, no note ou no Iphone¿) e um monte de folhetos e brindes, tudo adequadamente impresso e embalado. Uma vez eu vi uma cena impressionante no final de um evento de vários dias: as pessoas pediram sacos de lixo e iam descartando (sem separar) aquele monte de coisa sabe-se lá pra ir parar onde.

Tudo bem, vai ver que eu não sou uma pessoa assim tão comum. Vai ver que a maioria das pessoas sequer pensa nessas coisas. Pelo menos não ainda. De repente eu só faço parte daquele percentual que sobra depois que a maioria é identificada.

Isso me lembra uma das coisas mais importantes que aprendi estudando e trabalhando em marketing:


"logo depois que você tomar conhecimento do que a maioria pensa, ao invés de agir dê um tempo. Lembre-se que pesquisas são instantâneos da realidade, se recupere do impacto causado pelo volume de pessoas que a maioria representa (afinal, é muita gente) e procure os números pequenos, é neles que estão as tendências, os sinais que indicam para onde as coisas estão caminhando."

Portanto, se você faz parte de alguma minoria estatística, não desanime e continue acreditando seja lá no que for. Acreditando no que faz você ser quem você é e no poder de influência que pode ter sobre a maioria. Afinal, você é, no mínimo, um indício do que está por vir. E isso, na vida e marketing, diz muita coisa.

(Ana Paula Cortat é Vice-presidente de Estratégia de Marca do Grupo Isobar no Brasil).


Fonte: Sapo de Dentro

Práticas Minami Motors - Embalagens Plásticas

EMBALAGENS PLÁSTICAS:


  • Embalagens de óleo:
A Minami Motors preocupada em melhorar o atendimento aos clientes e contribuir para a preservação ambiental, adotou um novo sistema de comercialização de óleo lubrificante. A venda de óleo à granel, onde o cliente só paga pelo óleo que for usar, garantindo assim um preço mais justo e diminuindo a quantidade de lixo gerada (embalagens de 1 litro), pois não utiliza embalagem individual para o óleo.

Um bom exemplo para a redução da geração de resíduos sólidos (lixo), é a não utilização de embalagens individuais, ou seja, o óleo novo a ser colocado nos veículos será retirado na hora de um único tambor, e não mais de embalagens de 1 litro, que seriam descartadas no lixo comum.

Dessa forma a empresa reduz para o cliente o custo da troca de óleo e contribui para a manutenção dos recursos naturais, pois os resíduos gerados pelas embalagens são altamente poluentes.

Dica: Tanise Pozzobon - Minami Motors

O que é possível fazer para viver de forma sustentável?

Reportagem do Globo Repórter confirma, a vida em ecovila exige ciência e tecnologia aplicada com simplicidade.

Veja no vídeo técnicas construtivas, sanitário compostável ( sem uso de água), filtros de água a base de plantas ( tanques de filtragem ), aproveitamento da água da chuva que são princípios da Permacultura.

Esse grupo dá bons exemplos de que iniciativa aliada a tecnologia e a pricípios sustentáveis, passam por soluções muitas vezes simples. Que você talvez possa implementar no quintal da sua casa. Confira o vídeo!


Veja mais:

28.6.10

O que é o CONAMA e como funciona?

O que é o CONAMA?

O Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA é o órgão consultivo e deliberativo do Sistema Nacional do Meio Ambiente-SISNAMA, foi instituído pela Lei 6.938/81, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, regulamentada pelo Decreto 99.274/90.

O CONAMA é composto por Plenário, CIPAM, Grupos Assessores, Câmaras Técnicas e Grupos de Trabalho. O Conselho é presidido pelo Ministro do Meio Ambiente e sua Secretaria Executiva é exercida pelo Secretário-Executivo do MMA.

Leia sobre o funcionamento completo do CONAMA aqui!


São atos do CONAMA:
  • Resoluções, quando se tratar de deliberação vinculada a diretrizes e normas técnicas, critérios e padrões relativos à proteção ambiental e ao uso sustentável dos recursos ambientais;
  • Moções, quando se tratar de manifestação, de qualquer natureza, relacionada com a temática ambiental;
  • Recomendações, quando se tratar de manifestação acerca da implementação de políticas, programas públicos e normas com repercussão na área ambiental, inclusive sobre os termos de parceria de que trata a Lei no 9.790, de 23 de março de 1999;
  • Proposições, quando se tratar de matéria ambiental a ser encaminhada ao Conselho de Governo ou às Comissões do Senado Federal e da Câmara dos Deputados;
  • Decisões, quando se tratar de multas e outras penalidades impostas pelo IBAMA, em última instância administrativa e grau de recurso, ouvido previamente o CIPAM



    As reuniões do CONAMA são públicas e abertas à toda a sociedade.

Para consultar a legislação do CONAMA, selecione um dos links:

Calendário Ambiental Resumido

Já imaginaram se comemorássemos boa parte destas datas, talvez vivêssemos no paraíso!

Verdade seja dita, mais vale termos pequenas atitudes diariamente que algumas ações pontuais exporádicas.

Por exemplo, se levássemos ao lixo apenas o lixo seco, reciclável e aproveitássemos o orgânico num sistema de minhocário caseiro, reduziríamos nossa produção de lixo em 50%. Como consequência o lixo urbano poderia ser reduzido em 50%, os recicláveis não precisariam ser separados dos orgânicos, sendo reaproveitados mais rapidamente, sem a necessidade de gastos com lavagem. Ou seja, poderíamos economizar tempo e energia.

Portanto, fica a dica de olhar para o calendário, vendo o que você pode fazer a cada dia na sua casa.


CALENDÁRIO ECOLÓGICO E AMBIENTAL

Mês

Dia

Evento Marcado

Janeiro

01

Paz mundial

11

Controle da Poluição por Agrotóxicos

Fevereiro

02

Mundial das Zonas Úmidas

06

Agente de Defesa Ambiental

14

Mundial dos Atingidos por Barragens

Março

01

Turismo Ecológico

21

Mundial de Floresta

22

Mundial da Água

23

Meteorologia

Abril

15

Conservação do Solo

22

Internacional da Terra

28

Caatinga

Maio

03

Pau-Brasil e Solo

10

Campo

22

Diversidade Biológica

27

Nacional da Floresta Atlântica

Junho

05

Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia

17

Mundial da Luta contra a Desertificação e à Seca

Julho

17

Proteção das Florestas

Agosto

09

Internacional da Qualidade do Ar

14

Controle da Poluição Industrial

Setembro

03

Biólogo

11

Cerrado

16

Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio

20

Internacional da Limpeza de Praias

21

Árvores

22

Defesa da Fauna

Outubro

02

Nacional do Habitat

04

Patrono da Ecologia (São Francisco de Assis)

05

Aves e Animais

12

Mar

15

Educador Ambiental

Novembro

03

Guarda Florestal

Dezembro

29

Internacional da Biodiversidade


Veja Mais:

24.6.10

Inscrições - Prêmio Planeta Casa 2010

Prêmio Planeta Casa 2010 prorroga inscrições


O Prêmio Planeta Casa 2010, que pretende divulgar o trabalho de empresas e profissionais engajados em considerar os conceitos de sustentabilidade em seus projetos arquitetônicos e de design de interiores, prorrogou suas inscrições até a próxima quarta-feira, dia 30 de junho.

Promovido pela revista CASA CLAUDIA e pelo Planeta Sustentável, em sua nona edição o Prêmio conta com seis categorias diferentes. São elas:

  • Ação Social;
  • Produtos de Decoração;
  • Materiais de Construção;
  • Projeto Arquitetônico;
  • Design de Interiores
  • Empreendimentos Imobiliários.

Empresas, ONGs e profissionais autônomos podem enviar seus trabalhos para o concurso. Todos os projetos serão avaliados por um Comitê Julgador especializado e os vencedores receberão, durante cerimônia especial, uma escultura de vidro assinada pela artista plástica Jaqueline Terpins, além de terem seus trabalhos publicados na edição de outubro da CASA CLAUDIA.

O regulamento completo da iniciativa está disponível no site Prêmio Planeta Casa, onde os interessados em participar também podem se inscrever.

Inscrições até 30 de junho, aqui

Mais informações pelo telefone (11) 3037-5091


Veja Mais:

23.6.10

Conexão entre homens e animais

Umberto Pelizzari, recordista de mergulho em apnéia, nada com golfinhos e tubarões sem nenhuma proteção.



Não são animais adestrados e nada em mar aberto.

A comunicação ou ligação, entre homens e animais não é nova. Ao longo da história da Humanindade encontramos vários registros dessa relação. Seja por meio de livros, artigos ou filmes. Citando alguns exemplo de filmes: "DANÇA COM LOBOS", "SEABISCUIT" e "O ENCANTADOR DE CAVALOS".



Veja você que o inimaginável se torna possível quando nos sintonizamos e passamos a fazer parte de tudo que está a nossa volta.

As imagens de Pelizzari talvez venham a confirmar a teoria de GAIA, o planeta visto como um ser vivo, o qual somos parte e portanto co-responsáveis:



Para saber mais sobre Umberto: umbertopelizzari.com

Créditos das imagens e vídeo: Umberto Pelizzari e equipe.

Veja Mais:

22.6.10

O Planeta visto como ser vivo: Gaia

Momento de reflexão com Leonardo Boff.

Segue parte do seu texto:

Um tema central da Cúpula dos Povos sobre as Mudanças Climática, reunida em Cochabamba de 19-23 de abril, convocada pelo Presidente da Bolívia Evo Morales é o da subjetividade da Terra, de sua dignidade e direitos.



O tema é relativamente novo, pois dignidade e direitos eram reservados somente aos seres humanos, portadores de consciência e inteligência.


Predomina ainda uma visão antropocêntrica como se nós exclusivamente fôssemos portadores de dignidade. Esquecemos que somos parte de um todo maior. Como dizem renomados cosmólogos, se o espírito está em nós é sinal que ele estava antes no universo do qual somos fruto e parte.


Há uma tradição da mais alta ancestralidade que sempre entendeu a Terra como a Grande Mãe que nos gera e que fornece tudo o que precisamos para viver. As ciências da Terra e da vida vieram, pela via científica, nos confirmando esta visão.


A Terra é um superorganismo vivo, Gaia, que se autoregula para ser sempre apta para manter a vida no planeta. A própria biosfera é um produto biológico pois se origina da sinergia dos organismos vivos com todos os demais elementos da Terra e do Cosmos. Criaram o habitat adequado para a vida, a biosfera. Portanto, não há apenas vida sobre a Terra. A Terra mesma é viva e como tal possui um valor intrínseco e deve ser respeitada e cuidada como todo ser vivo.


Este é um dos títulos de sua dignidade e a base real de seu direito de existir e de ser respeitada como os demais seres.


(...)



Por fim há um último argumento que se deriva de uma visão quântica da realidade. Esta constata, seguindo Einstein, Bohr e Heisenberg, que tudo, no fundo, é energia em distintos graus de densidade. A própria matéria é energia altamente interativa. A matéria, desde os hádrions e os topquarks, não possui apenas massa e energia. Todos os seres são portadores de informação. O jogo das relações de todos com todos, faz com que eles se modifiquem e guardem a informações desta relação.


Cada ser se relaciona com os outros do seu jeito de tal forma que se pode falar que surge níveis de subjetividade e de história. A Terra na sua longa história de 4,3 bilhões de anos guarda esta memória ancestral de sua trajetória evolucionária. Ela tem subjetividade e história. Logicamente ela é diferente da subjetividade e da história humana. Mas a diferença não é de princípio (todos estão conectados) mas de grau (cada um à sua maneira).



Uma razão a mais para entender, com os dados da ciência cosmológica mais avança, que a Terra possui dignidade e por isso é portadora de direitos e de nossa parte de deveres de cuidá-la, amá-la e mantê-la saudável para continuar a nos gerar e nos oferecer os bens e serviços que nos presta.


Agora começa o tempo de uma biocivilização, na qual Terra e Humanidade, dignas e com direitos, reconhecem a recíproca pertença, a origem e o destino comuns.


Veja texto na íntegra aqui!

Fonte: mercadoetico.terra.com.br

Veja Mais:

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Veja todas as postagens

Desenvolvimento e Gestão do Blog: Zope Mídia

  © Free Blogger Templates 'Greenery' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP