30.9.10

Filme - Poder: A Questão Indígena no Brasil

Obra ( Terra Vermelha ) do cineasta ítalo-chileno Marco Bechis, o filme-documentário retrata os conflitos pela posse de terras enfrentados por índios guarani kaiowá no Mato Grosso do Sul.

Isabela Boscov fala lucidamente sobre a questão indígena, que é mais simbólica e profunda ( Poder x Propriedade ) do que imaginamos.




O cineasta concedeu entrevista rodeado por cinco representantes cayowás, todos presentes no elenco do filme, no qual interpretam a si mesmos. Na história, um grupo da tribo decide se instalar em suas antigas terras quando alguns integrantes aparecem mortos.

Não são mortes naturais. Um dos aspectos verídicos da trama, de base ficcional, é o suicídio constante de jovens cayowás, dimensão explorada pelo filme quase em tom sobrenatural e sem procurar dar justificativas.

"Uma das muitas possibilidades é a falta de perspectivas para os nossos garotos e garotas", diz o índio Ambrósio. "Mas já houve caso que também poderia ser pela negativa de uma jovem a um pedido de casamento; não há uma explicação única", emenda Bechis.

Mas o confronto fundamental na fita se dá na questão das terras dos índios que passaram às mãos de um fazendeiro (Leonardo Medeiros) e sua plantação de soja ou cana-de-açúcar.

Sem um lugar para se estabelecer e reviver sua cultura um tanto desgastada, eles convivem nos limites entre a propriedade agora privada, os assentamentos que não lhes servem e a estrada, onde muitas vezes ficam à mercê de bicos, como os oferecidos por um comerciante oportunista (Matheus Nachtergaele).


Saiba mais:

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Veja todas as postagens

Desenvolvimento e Gestão do Blog: Zope Mídia

  © Free Blogger Templates 'Greenery' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP